Archive for 30 de agosto de 2011

“Help!” e “A Hard Day’s Night” (2)

Após uma longa caminhada, passando por lugares bonitos como Kew Gardens, o Jardim Botânico de Londres, finalmente chegamos.

As casas da Ailsa Avenue, nºs 5, 7, 9 e 11, localizadas próximo à St. Margarets Train Station, em Twickenham, são aquelas eternizadas no filme “Help!”, na cena em que os quatro rapazes entram cada um em uma das casas e, no momento seguinte, vemos que as portas levam a um ambiente único, cheio de surpresas.

A rua é pequena, tranquila… As casas permanecem basicamente iguais, apenas a de nº 5 teve a porta de entrada bastante modificada.

Comparando as imagens, podemos observar que as demais portas ainda são as mesmas.

As plantas e árvores nos jardins e nas calçadas tornaram o cenário um pouco diferente do original. Carros estacionados de ambos os lados das calçadas atrapalham a visão. Droga!

Conversamos com duas moradoras… uma delas ficou surpresa ao saber que as casas já foram usadas como locação de um filme. A outra disse, orgulhosa, que nós estávamos no lugar certo, e nos falou de outro pub ali perto, que também aparece em filme dos Beatles.

De brincadeira, perguntamos se as casas eram realmente unidas por dentro e, claro, ela riu e disse que essa parte do filme tinha sido gravada em um estúdio ali perto (Twickenham Studios).

Cumprida a missão, contentes com o resultado, fomos atrás do tal pub.

Andamos apenas uma quadra e logo avistamos a Winchester Road. Mais alguns passos e adentramos o Turks Head Pub para tomar uma merecida cerveja, depois de tão longa caminhada num dia quente de verão (coisa rara por aqui, aliás).

No filme “A Hard Day’s Night”, Ringo é expulso desse pub, após alguns desastres, como errar o alvo e acertar, com um dardo, um pássaro dentro de uma gaiola. 

O gerente do bar, simpático, nos mostrou exatamente o local em que a cena foi filmada, próximo a uma parede que foi demolida.

O pub atualmente é decorado com alguns pôsteres dos Beatles e uma foto da época do Help, autografada pelos quatro.

Saímos de lá super satisfeitos, planejando novos passeios… Após um exaustivo mas compensador dia de peregrinação por esses caminhos trilhados pelos Beatles, em St. Margarets Station tomamos o trem para Waterloo Station, que fica na área central de Londres, e de lá nos dirigimos para nossa casa.

Locações dos Filmes “Help!” e “A Hard Day’s Night” (1)

Estamos descobrindo lugares diferentes em Londres, longe dos pontos turísticos, seguindo os rastros dos Beatles pela cidade. É claro que já fizemos os passeios clássicos, como a visita à Abbey Road, mas depois falaremos sobre isso… Para começar, vale a pena relatar nossa “excursão” à localidade de Richmond, na Grande Londres, à procura dos lugares que serviram de locação para o filme “Help!”

No último dia 3, saímos do sudeste londrino, onde estamos residindo e fomos, de trem e depois de metrô, até a estação de Gunnersbury, na região oeste da cidade, já meio fora do mapa. Ao sair da estação demos de cara com o Chiswick Park, nas proximidades do local em que foi gravado um dos “clipes” de Paperback Writer e Rain, em 1966. Nosso objetivo, entretanto, era o pub The City Barge, no número 27 do Strand-on-the-Green, um tipo de passeio à margem do rio Tâmisa, ao lado da Kew Bridge.

Esse pub serviu de locação para a cena em que, em fuga, os Beatles despistam entrando em um bar e, lá dentro, Ringo tem dificuldade para levantar o copo de cerveja do balcão, e quando George vira o copo, o chão se abre e Ringo cai num tipo de porão, onde há um tigre que só se acalma ouvindo a 9ª Sinfonia de Beethoven. O antigo pub, que existe desde o século XV, preserva as mesmas características dos tempos de Help. Não resistimos e fomos conversar com a funcionária… Acabamos conhecendo um jornalista aposentado, cliente do pub, que se lembrava bem dos detalhes, pois cobriu as filmagens de “Help!”, em 1965, e com a maior simpatia nos deu algumas dicas e se ofereceu para nos fotografar junto do balcão.

Só para lembrar, o bar não tem porão… essa parte foi gravada em outro local.

Saindo dali, passeamos um pouquinho pela margem do rio, no lugar em que, no filme “A Hard Day’s Night”, Ringo caminha solitário, disfarçado, e faz amizade com um garoto. De lá, pegamos a Kew Bridge em direção a Richmond, para ver as casas dos quatro beatles em “Help!”.

Os detalhes dessa parte do passeio você confere no próximo post, daqui a alguns dias.