Archive for 21 de dezembro de 2015

Beatles em Bournemouth

Em novembro fizemos uma pequena viagem a Bournemouth, uma cidade litorânea ao sul da Inglaterra.  Essa cidade teve um vínculo com os Beatles,  porque foi um dos lugares no Reino Unido em que eles mais se apresentaram, além de Liverpool e Londres. Fizeram 18 shows na cidade, entre agosto de 1963 e outubro de 1964.

Os Beatles  chegaram a Bournemouth pela primeira vez em 19 de agosto de 1963, para seis noites de shows, com duas apresentações por noite, no cinema Gaumont, localizado na Westover Road. Esse cinema ainda existe – dividido em várias salas – e atualmente se chama Odeon.

Eles já estavam bastante famosos, pois seu single From Me to You já tinha atingido o primeiro lugar nas paradas, e o rebuliço foi grande.

Cinema e hotel vistos da praia

Ficaram hospedados em um hotel na mesma rua do cinema, o Palace Court Hotel, que atualmente pertence à rede Premier Inn. A foto dos Beatles abaixo foi tirada na sacada de um dos apartamentos.

Durante a permanência do grupo na cidade o fotógrafo Robert Freeman fez várias fotos, sendo a mais icônica a foto da capa do segundo álbum, With The Beatles, tirada em um set improvisado no restaurante do hotel.

Capa de With The Beatles


No telhado do Palace Court Hotel

Foi também no quarto do Palace Court Hotel que George Harrison compôs sua primeira canção sozinho, Don`t Bother Me, enquanto se recuperava de uma forte gripe.

Consta que a gravação foi feita pelo motorista do grupo, Alf Bicknell, em um gravador dado a ele por John Lennon. Ouça:

https://www.youtube.com/watch?v=cwqRaQTB6WM

Outra curiosidade local é  uma carta escrita por George para uma fã, com o papel timbrado do hotel, na qual ele fala sobre o barulho dos fãs: “We don’t mind girls screaming in the noisy numbers, but I think we would prefer them to be a little quieter in the slow songs” (a gente não se importa que as garotas gritem durante as canções barulhentas, mas preferimos que fiquem mais quietas  para as canções lentas). Bem George mesmo!

Os Beatles voltaram à cidade em 16 de novembro de 1963, para uma noite de shows no Winter Gardens - que não existe mais – e depois em 2 de agosto  e 30 de outubro de 1964, novamente para apresentações no Gaumont Cinema.

Em 1965, John comprou um bangalô à beira mar, em  Sandbanks, para sua tia Mimi morar.

Sandbanks é uma península a oeste de Bournemouth muito valorizada atualmente. Está entre os metros quadrados mais caros do mundo… Mimi residiu nessa casa, denominada Harbour’s Edge, até sua morte em 6 de dezembro de 1991.

A propriedade, que ficava na Panorama Road 126, foi demolida em 1994, dando lugar a uma construção moderna e bem mais sofisticada.

John, Julian e Mimi no acesso para o ferry em Sandbanks (1967)

John Lennon foi um visitante frequente, até sua ida para os Estados Unidos, em 1971.

Em uma visita, em 14 de março de 1969, anunciou que ia se casar com Yoko Ono e consta que mandou seu chofer, Les Anthony, a Southampton (cidade vizinha) para saber se poderiam se casar no mar (a bordo de um navio). Como não conseguiram, um avião foi fretado para levá-los a Paris, de onde saíram para casar em Gibraltar, uma região pertencente à Inglaterra, junto da Espanha.

Tudo porque Yoko não tinha visto de permanência na Inglaterra, por isso não podia se casar no país. John narra esses fatos na letra da música The Ballad Of John and Yoko.

Bournemouth parece cultivar bastante essa relação com os Beatles.  Existe até um livro sobre o assunto:

Passeando pelo centro da cidade, encontramos um restaurante/ lanchonete chamado Norwegian Wood, decorado com fotos do grupo (mas já estava fechado).

Fontes:

http://www.dorsetlife.co.uk/2011/09/they-loved-it-yeah-yeah-yeah/

http://www.dorsetlife.co.uk/2015/02/mimi-and-sandbanks/

Beatles em Chiswick

As fotos que mostro neste post foram tiradas há algum tempo, mais precisamente em nossa visita a Londres em dezembro de 2013. São imagens de um passeio a Chiswick House and Gardens, que fica no lado oeste de Londres, no distrito de Chiswick.

Todo fã dos Beatles conhece um pouco desse parque, porque ele serviu de locação para os vídeos das músicas Rain e Paperback Writer e também aparece na capa do EP Nowere Man.

Beatles gravando o clipe de "Paperback Writer" (foto original em p&b)

Só pudemos visitar os jardins, porque a casa fica fechada no inverno.

Beatles em gravação do clipe de "Rain"

RainPaperback Writer têm clipes coloridos, com imagens externas (acima) e outros, em p&b, com imagens gravadas em estúdio.

A edição de luxo do Beatles 1 (Beatles 1+) inclui os clipes de Paperback Writer e Rain gravados em Chiswick, no dia 20 de maio de 1966, assim como outros dois clipes em p&b gravados no Estúdio 1 de Abbey Road, no dia anterior. Os filmes foram dirigidos por Michael Lindsay-Hogg (o mesmo diretor de Let it Be, dos clipes Hey JudeRevolution, do filme Rock and Roll Circus, de vários clipes de Paul, além de dezenas de outros dos Rolling Stones).

Embora os clipes alternativos (originalmente exibidos em programas da TV inglesa que não tinha ainda programação a cores) tenham sido gravados em preto e branco, existem fotos coloridas tiradas durante as filmagens, como as que seguem:

Chiswick é um passeio que vale a pena, se você estiver em Londres, porque o local é muito bonito.  A casa – um verdadeiro palácio -  foi concluída em 1729,  em estilo renascentista italiano.  É mantida pela instituição English Heritage. No solário/estufa (conservatory) ocorrem exposições de flores e plantas.

Algumas imagens vistas nos clipes foram gravadas aí.

O local conta com fácil acesso por metrô (fica a uma milha da estação Turnham Green).