Tag Archive for mad day out

Wapping Pier Head (Mad Day Out)

Dando prosseguimento ao nosso Mad Day Out, no último domingo fomos passear na região à margem do Tâmisa onde os Beatles foram fotografados em 28 de julho de 1968.

Essa área a leste de Londres denominada Wapping, na margem norte do rio, agora lembra muito pouco a região das docas do passado.  Os armazéns que existiam no local foram demolidos para construção de edifícios ou revitalizados para servirem de moradia. Vários parques foram construídos à margem do rio…

Percorremos a Wapping High Street, onde os Beatles tiraram as primeiras fotos, mas nada mais do Colonial Warves que aparecia na foto, pois o prédio foi demolido, dando lugar a blocos de apartamentos com frente para o Tâmisa.

À margem, atualmente, há uma calçada,  protegida com grades, para caminhadas e lazer dos moradores e visitantes.

Deste local podemos ter uma visão aproximada do que aparece na foto dos Beatles, com a Tower Bridge ao fundo.

A maioria das fotos dos Beatles foram tiradas no Wapping Pier Head. Os dois prédios (West e East) continuam lá, residenciais agora… mas talvez já fossem antes, pois Paul aparece em uma das fotos conversando com moradoras.

A parte central, entre os dois prédios, que termina em uma rampa para o rio, atualmente é um jardim fechado com grades, só para os moradores.  Inúmeras placas avisam que é proibido entrar ou estacionar no local (talvez tentando afastar os beatlemaníacos). Avançando até onde conseguimos, pudemos tirar algumas fotos.

O acesso ao rio, nesse ponto da Wapping High Street, só é possível por uma escada, no final de uma passagem muito estreita, que inicia entre o pub Town of Ramsgate e o prédio a oeste, a poucos passos do Pier Head. Pudemos observar que é um local muito visitado.

Essa escada (Wapping Old Stairs) tem uma história trágica. No passado – na maré baixa – piratas, contrabandistas e outros malfeitores condenados eram acorrentados na parte de baixo da escada e deixados para morrerem afogados com a subida da maré.

Provavelmente, as fotos de Paul acorrentado fazem referência a esse fato histórico. O lado meio macabro dessa parte da sessão de fotos, com John simulando estar morto, também deve ter a ver com a história do local.

Nosso “Mad Day Out”

Depois de um longo período ausente, estamos de volta a Londres e a este blog. E nada melhor para uma reestreia que resgatar o MAD DAY OUT dos Beatles (ou parte dele).

No  verão de 68, os Beatles estavam no meio das gravações do Álbum Branco e tiraram um dia para posar para novas fotos promocionais.

Don McCullin foi o fotógrafo convidado para passar o dia 28 de julho, um domingo, com os Beatles, fotografando-os em  várias regiões de Londres. Tom Murray – seu assistente – também tirou fotos, que ficaram guardadas por trinta anos, até Murray resolver divulgar esse material. Esse dia ficou conhecido como “The Mad Day Out” (algo como: “Um dia fora da rotina”).

As fotos foram publicadas pela primeira vez na edição da revista Life de 13 de setembro de 1968. Uma delas apareceu também nas compilações vermelha e azul, de 1973. Ficaram bastante conhecidas, pois várias fotos desse dia foram usadas em capas de compactos pelo mundo afora e em inúmeras publicações sobre os Beatles desde então.

Nosso “Day Out” foi bem mais modesto…mas muito gostoso!

Estávamos interessados em conhecer o Cemitério de Highgate, no norte de Londres, onde há o mausoléu de Karl Marx, entre outras figuras importantes.

Por coincidência ou não, na mesma rua, a Swain’s Lane, ficam as casas que aparecem em algumas fotos dos Beatles tiradas nesse dia.

Como podemos ver na comparação acima, as casas permanecem incrivelmente iguais, apenas ganharam uma entrada para carro, com a modificação do portão de entrada, amarelo, que agora é maior e de ferro preto.

Depois de visitarmos o cemitério, que fica em meio a um bosque muito agradável,  e após tirarmos uma foto com Karl Marx, nossa próxima parada foi a St. Pancras Old Church and Gardens.

Conhecer essa igreja e seus jardins foi pura alegria, porque está tudo lá. O banco onde os Beatles foram fotografados (será realmente o mesmo? Há uma placa dizendo que sim.)…

O mesmo memorial (The Burdett Coutts Memorial , de 1879) visível atrás do banco; a mesma fonte (desde 1877, mas atualmente desativada), tudo nos seus devidos lugares!

Tiveram o cuidado de preservar o parque do jeito que era em 1968. Na igreja, inclusive, há um painel que faz referência à sessão de fotos dos Beatles.

Realmente valeu a visita! Quanto às fotos restantes do famoso dia, as internas foram feitas no teatro Mercury (que não existe mais) e na casa Paul (creio que ele não vai permitir nossa entrada para fotografar). Vamos tentar visitar os demais locais externos, como o prédio em Old Street e o pier na margem do Tâmisa. Aguardem!

Nosso dia terminou em um pub no Soho, assistindo a uma jam session de blues regada a alguns pints de cerveja.  What a great day!